.

.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Novo termo de rescisão será obrigatório a partir do dia 1º


O prazo para as empresas se adaptarem ao novo Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho (TRCT) acaba no dia 31 deste mês. A partir de 1º de novembro, a adesão ao novo modelo do documento será obrigatória, conforme determina a Portaria 1.057, de julho de 2012.

As mudanças introduzidas trarão mais segurança a trabalhadores e empregadores na medida em que reduzirão erros e proporcionarão maior transparência nos desligamentos, evitando questionamentos futuros.

Considerando que a partir de 1º de novembro a Caixa não aceitará mais os modelos antigos do TRCT para o pagamento do seguro-desemprego e a liberação do FGTS, o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Messias Melo, alerta os representantes sindicais dos trabalhadores, responsáveis por boa parte das homologações dos contratos de trabalho, para a necessidade de se atentarem sobre a obrigatoriedade da mudança.

Novo TRCT
Impresso em duas vias, sendo uma para o empregador e outra para o empregado, o novo termo vem acompanhado do respectivo Termo de Homologação ou de Quitação (conforme a situação – contratos com menos ou com mais de um ano de serviço), que serão impressos em quatro vias (uma para o empregador e três para o empregado) destinadas ao saque do FGTS e à solicitação do seguro-desemprego.

Ag.Diap

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Ambiente de trabalho amigável é importante para o brasileiro


Trabalhar em um ambiente amigável e ter colegas agradáveis são fatores mais importantes do que receber um bom salário para 60% dos entrevistados em uma pesquisa global da Randstad. No Brasil, os dados são semelhantes. Aqui, seis em cada dez dão mais valor a um bom ambiente de trabalho e 54% consideram mais importante trabalhar com colegas agradáveis do que receber bons salários.

Os números mostram como as relações pessoais são fortes no Brasil - mesmo no escritório. Entre os brasileiros, 71% encontram os colegas de trabalho fora da empresa e 93% dizem ter uma relação de amizade muito forte com alguns colegas. O Brasil, segundo a pesquisa que analisou dados de 32 nações, é o país com o maior índice de amigos entre colegas de trabalho.

Diante desse cenário, relacionamentos amorosos também surgem no ambiente de trabalho com certa frequência no Brasil. Entre os brasileiros, 56% afirmam que namoros entre colegas acontecem de tempos em tempos no escritório em que trabalham e 80% acreditam que esse tipo de relacionamento não é, necessariamente, problemático.

Fonte: Valor Econômico/Adriana Fonseca 17.10.12

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Micros e Pequenas geram número recorde de vagas


O candidato a emprego com carteira assinada deve procurar a vaga nas micro e pequenas empresas, aquelas com até 100 funcionários. Em agosto, a geração de postos de trabalho em organizações com esse perfil bateu um recorde que não se via desde 2003: 97,4% dos novos empregos estavam nas menores firmas do país.

O número é 20 pontos percentuais maior que a proporção de 77,3% registrada em julho, e foi divulgado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego.

“A economia brasileira vive um momento favorável que impacta positivamente na contratação de mão de obra nos pequenos negócios, que são focados no mercado interno e, por isso, menos prejudicados pela crise internacional”, explica o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. Segundo ele, as áreas que levaram o setor de serviços a liderar a contratação em agosto foram as de comércio e administração de imóveis, ensino e serviços de alojamento e alimentação.
Jornal da Tarde

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Justiça acessível para as crianças


O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Ayres Britto lançou o Portalzinho CNJ, uma página na internet com informações sobre o Judiciário e os direitos da infância e juventude, voltada para o público infantil. “O Portalzinho traz, com uma linguagem acessível à criança, informações sobre o CNJ, a Justiça, direitos da infância e deveres do Estado, da família e da sociedade”, destacou o ministro na cerimônia realizada em Brasília em comemoração ao dia das crianças. 


Na ocasião também foi lançada a Cartilha do Adolescente Privado de Liberdade, que traz orientações aos jovens que cumprem medida socioeducativa em unidades de internação sobre seus direitos.

Feira de Troca de Livros


O Senac de Jundiaí sedia até o próximo sábado (20) a Feira de Troca de Livros. O evento tem como objetivo incentivar a leitura por meio da troca de livros usados, além de oferecer atividades culturais.


O visitante poderá trocar livro por livro e gibi por gibi, que devem estar em bom estado de conservação. Não serão aceitos dicionários, enciclopédias, guias, revistas e obras de cunho político ou religioso.

A entrada é gratuita, das 8h30 às 21h até sexta e sábado das 8h30 às 14h30, Rua Vicente Magalio, 50 no Jardim Paulista. Ler não tem contra indicações, aproveite esta oportunidade para se divertir, ampliar sua cultura, exercitar a imaginação!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

ONU Mulheres anuncia criação do Grupo Nacional Assessor no Brasil


O Escritório da ONU Mulheres Brasil e Cone Sul anunciou, recentemente, a criação do Grupo Nacional Assessor da Sociedade Civil. Pela primeira vez, a entidade vai contar com 15 representantes da sociedade civil para assessorar em seu plano de trabalho. Foram levados em consideração critérios demográficos e regionais, de forma que o Grupo Nacional Assessor da Sociedade Civil da ONU Mulheres no Brasil representasse minimamente o mosaico da diversidade brasileira.

Com a instituição do Grupo Assessor, a ONU Mulheres objetiva estreitar suas relações de parceria com a sociedade civil no Brasil, estimulando a troca de conhecimento e saberes de forma a garantir que as atividades programáticas da ONU Mulheres estejam alinhadas com as prioridades nacionais, com as demandas da sociedade civil no País e com as reais necessidades das mulheres brasileiras.

A ONU Mulheres agradece o interesse demonstrado por todas as 52 candidaturas, certa de que este tipo de parceria tem muito a contribuir para o empoderamento das mulheres e a igualdade de gênero no Brasil.

Resultado da seleção:
Aniran Lins Cavalcante – Rede de Mulheres Pescadoras e Marisqueiras do Sul da Bahia; Benilda Regina Paiva de Brito – Odara-Instituto da Mulher Negra; Camila Morsch – Instituto Ethos; Delaine Martins Costa – Instituto Brasileiro de Administração Municipal; Denise Dora – Fundo Brasil de Direitos Humanos; Evane Lopes Dias Silva – Federação Quilombola de Minas Gerais; Guacira César de Oliveira – Centro Feminista de Estudos e Assessoria; Jacqueline Pitanguy de Romani – Cepia; Jolúzia Batista – Coletivo Leila Diniz; Jurema Werneck – Criola; Lia Lopes de Almeida – Coletivo Jovens Feministas de São Paulo; Maria Aparecida da Silva Bento – Centro de Estudos das Relações do Trabalho e Desigualdades; Marlise Matos – Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher e Centro de Interesse Feminista e de Gênero; Renata Thereza Fagundes Cunha - Sesi/Senai-PR; Suzie Guarani – Associação Indígena Guateka.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...