.

.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Salários de Admissão tem aumento real de 5,23% em 2010

Os salários médios de admissão no Brasil tiveram um aumento real de 5,23% acima da inflação entre janeiro e setembro deste ano na comparação com o mesmo período de 2009. Eles passaram de R$ 788,55 para R$ 829,76, apurou o CAGED. A equação é óbvia; mais salário, mais gente empregada, mais compra, mais renda, mais emprego e o país crescendo.
Blog do Trabalho

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Empregados com doenças graves obtém estabilidade na justiça

Com o título “Empregados com doenças graves obtêm estabilidade” o jornal Valor exibe nesta quarta extensa reportagem sobre mais uma conquista do trabalhador brasileiro: a de não se dispensado por possuir uma doença grave.

Segundo a reportagem assinada pela jornalista Adriana Aguiar, a Justiça do Trabalho tem garantidoestabilidade aos trabalhadores com doenças como a de Chagas, diabetes, depressão, alcoolismo e câncer, além das cardiopatias. A matéria lembra que, pouco tempo atrás, a estabilidade era um benefício restrito aos portadortes do HIV, o vírus da Aids.

A reportagem baseia-se em decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que  manteve decisão anterior que considerou “discriminatória” a demissão de um trabalhador com doença cardíaca de uma instituição financeira. Além de reintegrado, ele recebeu indenização de R$ 55 mil. No caso, o banco não conseguiu provar que a dispensa nada tinha a ver com a doença do funcionário.
A reportagem cita opinião do ministro do TST, Vieira de Mello Filho que, em seu despacho, disse que o direito de demitir do empregador encontra limitações, quando desrespeita valores sociais do trabalho e da dignidade da pessoa humana, como publica o Valor.

Já para o advogado Geraldo Baraldi, ouvido pelo Valor, “na maioria das vezes, o empregador não tem ciência do problema de saúde do trabalhador e, portanto, não há discirminação na demissão”.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

O que faz um emprego ser bom?

O que faz de um emprego ser bom? Salário alto e vários benefícios, diria a maioria das pessoas, no entanto, o que faz um emprego ser bom, mais que tudo, são as perspectivas de crescimento. Na hora da contratação a falta de iniciativa dos profissionais, falta de experiência e formação inadequada são os maiores entraves. O desconhecimento de idiomas não é grande problema. Depois de contratado, o ambiente inadequado, seguido pela falta de treinamento é o que leva os profissionais a deixarem seus postos.
Blog do Trabalho

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Cálculo da Aposentadoria via Internet fica mais fácil

O portal da Previdência Social passou a oferecer um novo sistema para facilitar  a simulação do cálculo da aposentadoria na internet. O novo programa tem uma apresentação mais didática e clara para a execução deste serviço on line.
Agora, quando o segurado preencher os campos referentes aos dados cadastrais, se o sistema encontrar alguma divergência entre os dados digitados pelo usuário e os dados constantes no Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis), emitirá na hora um aviso sobre a necessidade de regularizar as informações junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Porém, independentemente desta divergência, o sistema permitirá a conclusão da simulação.
Ao final da digitação dos dados, o sistema apresentará um demonstrativo em formato PDF com todas as informações sobre os períodos de contribuição e o detalhamento do cálculo da aposentadoria.
Atualmente, a simulação de aposentadoria não pode ser feita nas Agências da  Previdência Social, estando disponível apenas na internet. O trabalhador deve ter em mãos o Número de Identificação do Trabalhador (NIT), o PIS/Pasep ou o  Cici (Cartão de Inscrição de Contribuinte Individual), além das datas de início e fim de cada atividade e/ou contribuição.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...