.

.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Fim do fator previdenciário e reajuste de aposentadorias unem centrais sindicais

A defesa do projeto que extingue o fator previdenciário para cálculo dos benefícios da Previdência (PLS 296/03) e da proposta que estende aos aposentados os índices de reajuste concedidos ao salário mínimo (PLC 42/07), aprovados este mês pelo Senado, uniu presidentes e representantes das maiores centrais sindicais do país e das entidades representativas dos aposentados brasileiros. Eles participaram de audiência pública realizada nesta quinta-feira (17) pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH).
Fonte: Agência Senado

quinta-feira, 17 de abril de 2008

CGTB e centrais condenam o aumento dos juros

Reunidos os dirigentes da CGTB, Força Sindical, CUT, CTB, UGT e Nova Central anunciaram que iriam encaminhar uma carta ao presidente Lula e ao Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) pedindo que os juros não subam e que seja retomado o processo de redução da Selic

1º Maio - Dia do Trabalho

Todos às ruas pela aprovação das Convenções 151 e 158 da OIT, pela redução dos juros, do superávit primário e da remessa de lucros


A Central Geral dos Trabalhadores do Brasil - CGTB promoverá atividades da comemoração do Dia do Trabalhador em todo o Brasil. O principal evento será realizado em São Paulo em conjunto com a CUT, no dia 1º de Maio, no autódromo de Interlagos. Trabalhador vemnha participar!

terça-feira, 15 de abril de 2008

1ª Vitória: 5 milhões de assinaturas recolhidas!

A campanha nacional coordenada pelas centrais sindicais - CUT, Força Sindical, Nova Central, UGT, CGTB e CTB - pela redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais já conseguiu recolher 5 milhões de assinaturas a favor da proposta de emenda à Constituição (PEC) 393/01, dos senadores Paulo Paim (PT/RS) e Inácio Arruda (PCdoB/CE). Com o empenho dos sindicatos, da classe média e dos setores mais lúcidos da elite brasileira, concentrados em torno da defesa da redução da jornada, sem redução dos salários, o País poderá gerar mais 2,2 milhões de vagas.
Fonte: Diap

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Dia Nacional de Lutas e Mobilizações pela Redução da Jornada de Trabalho sem Redução de Salários

Definido pela CGTB e demais centrais sindicais, o dia 28 de maio será marcado por manifestações, atos públicos, passeatas, assembléias e paralisações na defesa da aprovação, pelo Congresso Nacional, do projeto de emenda constitucional nº 393/01, de autoria dos senadores Paulo Paim e Inácio Arruda. Sindicatos e federações estão colhendo assinaturas de trabalhadores em suas bases e também em locais de grande concentração popular para o abaixo-assinado reivindicando a redução da jornada que será enviado ao Congresso Nacional.
Foto: Sítio CGTB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...