.

.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Centrais se mobilizam em defesa dos Programas Sociais

Os dirigentes da Força Sindical, CUT, UGT, CGTB, NCST e CTB que participaram de reunião em 10/jan na sede nacional da Central Única dos Trabalhadores, em São Paulo, decidiram que as Centrais vão realizar uma série de ações em defesa dos recursos dos programas sociais.

A mobilização será uma resposta do movimento sindical às pressões da mídia e alguns setores políticos, que defendem cortes nos recursos orçamentários dessas áreas, para compensar a perda de receita com fim da CPMF

Os dirigentes das Centrais também decidiram mobilizar a sociedade e reapresentar ao governo e ao Congresso Nacional sua proposta de reforma tributária, formatada durante a Jornada pelo Desenvolvimento com Distribuição de Renda e Valorização do Trabalho.
Fonte: Agência Sindical

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Trabalhador beneficiado com nova tabela do IR

A nova tabela do Imposto de Renda, que passou a vigorar a partir de 1º de janeiro, corrige em 4,5% as faixas de incidência do tributo, o que proporciona um ganho mensal no salário dos contribuintes.Com o reajuste da tabela do IR da Pessoa Física, aprovado em maio de 2007 pelo Congresso Nacional - que transformou a Medida Provisória 340/06 na Lei 11.482/07, os valores dos rendimentos isentos passam a ser de R$ 1.313,69 (2007), R$ 1.372,81 (2008), R$ 1.434,59 (2009) e R$ 1.449,15 (2010).

A correção da tabela foi um dos resultados da 3ª Marcha da Classe Trabalhadora a Brasília, em dezembro de 2006, fazendo parte da pauta de negociações entre as Centrais Sindicais e o governo, que também incluiu a definição de uma política de reajuste e valorização permanente do salário mínimo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...