.

.

sexta-feira, 9 de março de 2007

22 de Março - Dia Mundial da Água

Segundo a ONU, 50% da taxa de doenças e morte nos países em desenvolvimento ocorrem por falta de água ou pela sua contaminação. Todos tem o direito de usufruir da água e o dever de preservá-la!

21 de Março - Dia Internacional da Luta pela Eliminação da Discriminação Racial

Todos os anos, as Nações Unidas assinalam o aniversário do massacre de Sharpeville, chamando a atenção para a luta constante contra todas as formas de dicriminação racial. Mas, apesar de décadas de esforços para erradicar este problema, o vírus do racismo continua a infectar as relações e as instituições humanas, em todo o mundo!

segunda-feira, 5 de março de 2007

Tráfico de Mulheres (2)

Segundo dados da Polícia Federal, houve a abertura, em 2005, de 119 inquéritos para investigar o tráfico de brasileiras para Portugal e Espanha, entre outros países. Informações publicadas no jornal O Globo mostram que, em 2002, este número era três vezes menor. De 2000 a 2005, a PF abriu 372 inquéritos sobre mulheres brasileiras que foram vendidas para Portugal, Espanha, Suíça e até para o Suriname.

Dados da ONU mostram que as redes de prostituição podem faturar até US$ 30 mil com cada mulher traficada (A Gazeta do Povo, 25/2/2007). Depois do narcotráfico e do contrabando de armas, o tráfico de mulheres é o negócio ilegal de maior lucratividade no mundo.

A prostituição é umas piores formas de opressão da mulher, que é jogada nesta condição deprimente por conta da total falta de perspectiva de ter uma vida melhor. (Fonte: Causa Operária online)

O fato é que o tráfico de mulheres é uma forma moderna de escravatura. Todos os anos milhares são levadas de um país para outro, como parte do comércio de seres humanos. Embora o principal objetivo deste comércio seja a exploração sexual, serve ainda como fonte de trabalho ilegal.

O tráfico representa uma forma mais grave de violência sexualizada que é incompatível com o princípio da igualdade entre sexos. As mulheres atingidas pela pobreza são particularmente vulneráveis aos traficantes, que têm como motivação o lucro e, em muitos casos, estão envolvidos no crime organizado. O tráfico de seres humanos é uma forma grave de crime organizado e constitui uma grave violação dos direitos humanos.

No Brasil a exploração sexual não tem ligação apenas com a pobreza e a exclusão social, trata-se de um problema que também está relacionado com questões culturais como o machismo e as relações de poder entre adultos e crianças, brancos e negros, ricos e pobres.

A Lei Maria da Penha prevê que o Brasil adotará medidas que permitam a recuperação física, psicológica e social das vítimas do tráfico de pessoas, ou seja, a partir dos relatos destas mulheres e meninas, expostas a esse tipo de abuso, iremos criar de fato no Brasil um ambiente político e social que dê conta de combater e prevenir este crime.

A Diretoria
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...