.

.

.

.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Confiança dos empresários do setor de serviços cresce pelo 3º mês consecutivo

Fonte: Ag Brasil
O Índice de Confiança de Serviços da Fundação Getulio Vargas (FGV) teve alta 4,4 pontos entre fevereiro e março deste ano. Essa foi a terceira alta consecutiva do indicador, que chegou a 85,3 pontos em uma escala de o a 200 e atingiu o maior nível desde dezembro de 2014.

Além disso, segundo a FGV, a alta de 4,4 pontos foi a mais expressiva desde abril de 2009, quando o indicador cresceu 4,8 pontos. Onze dos 13 segmentos do setor de serviços pesquisados tiveram alta na confiança.

A confiança dos empresários dos serviços no momento presente, medida pelo Índice de Situação Atual, subiu 0,9 ponto e chegou a 74,4 pontos, devolvendo a queda de 0,8 ponto de fevereiro. Já o otimismo em relação ao futuro, medido pelo Índice de Expectativas, avançou 7,9 pontos e atingiu 96,4 pontos, o maior nível desde março de 2014.

Para mudar...


quinta-feira, 30 de março de 2017

Mulher trabalha 5,4 anos a mais do que homem

Fonte: Ag. Brasil
A mulher trabalha 5,4 anos a mais do que o homem ao longo de cerca de 30 anos de vida laboral, segundo simulação do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O trabalho extra é resultado dos afazeres domésticos. O cálculo foi feito a partir de dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

quarta-feira, 29 de março de 2017

SEAAC comemora o Dia da Mulher!


O SEAAC de Jundiaí e Região realizou no dia 18 de março um evento em comemoração do Dia Internacional da Mulher. Na primeira parte do evento, na parte da manhã, Ariane Rios, psicóloga da Defensoria Pública de Jundiaí discorreu sobre o conto "Valisa e a Intuição" que fala sobre a intuição que as mulheres devem ter. Em seguida, Mariana Janeiro, cientista política, professora, filósofa e feminista, também de Jundiaí, falou sobre o dia a dia da mulher, suas escolhas e possibilidades, além da importância de se empoderar. O evento também contou com a participação de alguns representantes do sexo masculino, que somaram com elas suas vivências. 

O SEAAC ofereceu o almoço para as convidadas(os) e depois uma tarde de diversão para as mulheres, com desfiles de modas de duas lojas de roupas conceituadas na região; uma de Jundiaí e outra de Itupeva. Um desfile de acessórios e bolsas não podia faltar. Com a parceria de um salão de beleza também foi oferecido um "antes e depois" para três participantes, que adoraram os resultados. 

Ao final foram sorteados inúmeros brindes oferecidos por nossos parceiros, que levaram as participantes ao delírio de alegria. Todas foram presenteadas também com um botão de rosa, com a mensagem "Lute e inspire, suas conquistas mudarão a história, e movimentarão gerações!", entregues por dois belos modelos, afinal os homens estão sempre ao lado das mulheres. 

O evento atingiu plenamente seu objetivo de propiciar esclarecimento e incentivo às mulheres para buscar o lugar de direito que lhes cabe na sociedade e foi um sucesso. Temos plena convicção de que este dia ficará marcado na memória de todas e agradecemos as participantes que nos honraram com sua presença!

Centrais Sindicais convocam greve geral para 28 de abril

Fonte: Portal Vermelho
O Brasil vai parar no dia 28 de abril. Nessa data, as centrais sindicais farão seu grande ato unitário contra as reformas da Previdência e trabalhista encaminhadas pela gestão de Michel Temer. O Fórum das Centrais se reuniu nesta segunda-feira (27), em São Paulo, na sede da UGT para traçar planos de resistência da classe trabalhadora às políticas que restringem direitos trabalhistas e sindicais e que tramitam no Congresso Nacional.

Além do dia 28, a agenda do Fórum das Centrais convoca para 31 de março - Dia Nacional de Mobilização Rumo à Greve Geral, movimento convocado pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo em todo o país.

Da reunião foi retirada uma convocação comum para 28 de abril - Dia Nacional de Luta.

Confira abaixo na íntegra:

terça-feira, 28 de março de 2017

Contra a Reforma da Previdência


Visando informar e conscientizar associados e a população sobre a polêmica Proposta de Emenda à Constituição - PEC 287, que trata da Reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional, a Central dos Sindicatos Brasileiros - CSB desenvolveu um vídeo que explica a PEC e convoca os trabalhadores para a luta.

Distribuição do lucro do FGTS em 2016 será paga ao trabalhador até agosto

O pagamento de metade do lucro obtido pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em 2016 ao trabalhador será feito até o dia 31 de agosto deste ano. O dinheiro será creditado sobre o saldo de todas as contas ativas e inativas em 31 de dezembro de 2016, e somado à atual remuneração do fundo, segundo o Ministério do Trabalho.

A distribuição dos lucros do FGTS com os trabalhadores foi uma das mudanças criadas pela medida provisória 763, de 22 de dezembro do ano passado. Trata-se do mesmo texto que permitiu que os trabalhadores saquem suas contas inativas do FGTS entre os dias 10 de março e 31 de julho.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Nota oficial das Centrais sobre Terceirização

A terceirização aprovada condena o trabalhador à escravidão. 
É inaceitável!

O projeto de terceirização, PL 4302/98, aprovado nesta quarta-feira, dia 22, é um retrocesso e acaba com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Com mais de 12 milhões de desempregados, o trabalhador não pode ser ainda mais penalizado pelo governo para resolver a grave crise político/econômica do País.

Essa terceirização promove uma reforma trabalhista e sindical. Aumenta a insegurança jurídica, acaba com os direitos trabalhistas, divide as categorias e permite que o setor patronal faça o que bem entender com os sindicatos dos trabalhadores.

O trabalhador ganhará menos, trabalhará mais e ficará exposto a acidentes de trabalho. O governo Temer e o Congresso Nacional atendem somente a interesses da classe empresarial.

Centrais prometem greve real

Fonte: Estadão
Recebida com entusiasmo por empresários, a aprovação da lei da terceirização uniu as seis principais centrais sindicais do País que, juntas, preparam manifestações e uma greve geral contra a medida. A data da paralisação será decidida na segunda-feira e deve ocorrer no fim de abril. O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo já realiza protestos a partir desta sexta-feira, 24.

Em nota assinada pelos presidentes da CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST e CSB, após reunião em São Paulo, as centrais afirmam que “a terceirização aprovada condena o trabalhador à escravidão”. Segundo o texto, o governo Temer e o Congresso atendem só a interesses da classe empresarial. “O trabalhador ganhará menos, trabalhará mais e ficará exposto a acidentes de trabalho.” Representantes de quase 10 milhões de trabalhadores, as centrais ressaltam estarem abertas ao diálogo para mudar o projeto. 

Acidente de percurso

Conselho Nacional de Justiça - CNJ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...