.

.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Centrais sindicais se reúnem para finalizar documento de luta pelos direitos dos trabalhadores

A Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB) e as demais centrais sindicais se reuniram na manhã dessa quinta-feira (21), na sede do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), para finalizar o documento com as principais bandeiras de luta do movimento sindical, no segundo semestre de 2016, que será lançado no próximo dia 26 de julho, na Assembleia Nacional do Trabalhador, pelo Emprego e Garantia dos Direitos, que acontece no Espaço Hakka, no bairro da Liberdade, em São Paulo.

Representando a CSB, o secretário–geral Alvaro Egea debateu com membros da CTB, UGT, CUT, Força Sindical, Nova Central e representantes do DIEESE.

Entre os diversos pontos discutidos na reunião fazem parte do documento temas como reforma da Previdência, retomada da geração de emprego, precarização e flexibilização dos direitos dos trabalhadores.

“Queremos trazer o trabalhador para essa luta, e esse documento não será incisivo para mostrar para o trabalhador o que está em jogo, que nós não queremos negociar com patamar mínimo, e que queremos negociar para ampliar os seus direitos”, falou o secretário geral da CSB, que ressaltou ser uma falácia dizer que há geração de mais empregos retirando os direitos trabalhistas existentes.

Esse ato também vem em resposta à agenda do setor patronal, que continua na tentativa de precarizar as relações de trabalho.

O evento do dia 26 faz parte do calendário de mobilização dos trabalhadores para o segundo semestre de 2016, aprovado em reuniões anteriores entre as centrais, sob a coordenação do DIEESE.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...