Um feliz Natal para você!

Um feliz Natal para você!

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Proposta pretende reduzir gradativamente jornada de trabalho de 44 para 36 horas semanais

Fonte: CNTC/Victor Velu Fonseca Zaiden Soares
O senador Paulo Paim (PT-RS), com apoiamento de outros, apresentou na última 3ª feira (17/11) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 148/2015, que pretende reduzir gradativamente a jornada de trabalho de 44 para 36 horas semanais.

De acordo com a proposta, a duração do trabalho normal não será superior a 8 horas diárias e 36 semanais, facultando a compensação de horários e a redução da jornada, mediante acordo ou convenção coletiva de trabalho.

A progressividade da redução de jornada deverá ocorrer a partir do exercício financeiro seguinte ao da aprovação da PEC, diminuindo gradativamente em uma hora por ano até o limite mínimo de 36 horas.

A PEC será encaminhada à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), que deverá se manifestar pela constitucionalidade e juridicidade da matéria, além do mérito.

Em seguida, a PEC será encaminhada ao Plenário do Senado Federal, onde deverá passar por dois turnos de votação, devendo receber votos favoráveis de no mínimo 3/5 da totalidade de senadores, ou seja, 49 votos.

Como ajudar as vítimas do tsunami de lama

Fonte: Geenpeace Brasil
Muitos brasileiros solidários com a trajédia que atingiu Mariana e região, estão buscando formas de ajudar. Para facilitar essa busca, destacamos os quatro principais sites para informações:
  • Rio Doce Help! é uma iniciativa prática e ágil de um carioca e um mineiro que dá diversas opções para quem quer se envolver.
  • Catraca Livre fez uma grande pesquisa, com várias opções de apoio, que vão de doações de alimentos a trabalho voluntário para quem quer ajudar os moradores e animais da região.
  • Já a Cruz Vermelha de Belo Horizonte está arrecadando água, roupas, cobertores e alimentos não perecíveis em sua sede e de lá envia para todas as cidades que necessitam de apoio através da defesa civil e das Prefeituras. Mas já adiantamos: o time de voluntários da Cruz Vermelha de Minas Gerais está em Mariana auxiliando os bombeiros e a defesa civil e, no momento, não está recrutando novos voluntários.
  • Se você quer dar apoio financeiro, a Juntos está com uma campanha de arrecadação que já é um sucesso.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

SOS Mariana: Jundiaí abraçou esta causa!

A Defesa Civil se surpreendeu com a repercussão positiva da campanha solidária iniciada pela Prefeitura às vítimas do “tsunami de lama” que atingiu Mariana e outros municípios mineiros, depois que duas barragens de rejeitos se romperam.

Veja mais em http://scup.it/alpv

Quer colaborar?!
As entregas podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nos dois postos de arrecadação: na sede da Defesa Civil, na Rua Dino, 843, Vila Joana, e na sede do Fundo Social, que fica na Avenida Manoela Lacerda de Vergueiro, s/nº, portão 3, anexo ao Parque da Uva, no Anhangabaú. Informações pelo telefone 199. As doações serão enviadas para a Defesa Civil de Minas Gerais.

Confira a lista: http://scup.it/alqc

Mulheres negras se unem contra o racismo e a violência


Fonte: Agência Brasil/Mariana Tokarnia
Mulheres negras de todo o país se reúnem hoje (18) em Brasília, na 1ª Marcha Nacional das Mulheres Negras. A expectativa da organização é que elas sejam mais de 15 mil em luta contra o racismo, a violência e as más condições de vida enfrentadas por essa população.

“Nos últimos anos, tivemos um grande processo de reformulação, de mudanças, de ampliação de direitos, de acesso a políticas e a bens e serviços. No entanto, quando a gente faz um recorte racial e de gênero, identificamos que as mulheres negras, um quarto da população, estão em condição de vulnerabilidade, de fragilidade, sem garantias”, diz a coordenadora do núcleo impulsor da Marcha, Valdecir Nascimento, coordenadora executiva do Instituto da Mulher Negra da Bahia (Odara)

Dados do último Censo, de 2010, indicam que as mulheres negras são 25,5% da população brasileira (48,6 milhões de pessoas).

Isso não garante, entretanto, que elas tenham mais direitos garantidos. Entre as mulheres, as negras são as maiores vítimas de crimes violentos. De 2003 para 2013, o assassinato de mulheres negras cresceu 54,2%, segundo o Mapa da Violência 2015: Homicídios de Mulheres no Brasil. No mesmo período, o índice de assassinatos de mulheres brancas recuou 9,8%, segundo o estudo feito pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), a pedido da ONU Mulheres.

Tragédia brasileira: e agora?

Fonte: Folha de SP
As toneladas de lama que vazaram no rompimento de duas barragens da empresa Samarco em Mariana (MG) são protagonistas do maior desastre ambiental provocado pela indústria da mineração brasileira –a Samarco é empresa fruto da sociedade entre a Vale e a anglo-australiana BHP Billiton. 

Sessenta bilhões de litros de rejeitos de mineração de ferro –o equivalente a 24 mil piscinas olímpicas– foram despejados ao longo de mais de 500 km na bacia do rio Doce, a quinta maior do país. 

Segundo ecólogos, geofísicos e gestores ambientais, pode levar décadas, ou mesmo séculos, para que os prejuízos ambientais sejam revertidos. 

Destruídos pelo tsunami marrom, que deixou ao menos sete mortos e 15 desaparecidos, os distritos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo devem se transformar em desertos de lama.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Centrais Sindicais somam forças pelo crescimento

Fonte: Agência Sindical
Será lançado em São Paulo, dia 3 de dezembro, o documento “Compromisso Permanente pelo Desenvolvimento”. A ideia é agregar, no texto, propostas das Centrais Sindicais e do setor produtivo, apontando para a retomada do crescimento e mudança na política econômica atual, de viés neoliberal.

A elaboração do “Compromisso” foi um dos temas da reunião entre as Centrais e Dieese, segunda (16/11), na sede do órgão, em São Paulo. O encontro debateu, também, preparativos do movimento nacional para enfrentar a crise - o sindicalismo propõe união com o setor produtivo para dobrar a recessão. Dirigentes da UGT, Força Sindical, CUT, CTB e CSB participaram da reunião, que teve também participação de técnicos do Dieese.

Dia 3
Ficou definido que o lançamento do “Compromisso Permanente pelo Desenvolvimento” ocorrerá dia 3 de dezembro, com um ato político, em SP, reunindo representantes dos trabalhadores, do empresariado e intelectuais. No evento, será apresentado o manifesto com as propostas alinhavadas.

Petrobras

10 dicas que só os muito amigos lhe darão

Estas 10 dicas, só os muito amigos lhe darão. E quando lhe derem, provavelmente você vai ficar muito chateado e até perderá a amizade por eles.
  1. Você fala muito alto;
  2. Você pensa que é engraçado(a);
  3. Você tem mau hálito;
  4. Você fede a cigarro;
  5. Você deixa o banheiro sujo;
  6. Você é "espaçoso"(a), "folgado"(a);
  7. Você é fofoqueiro(a);
  8. Você empresta as coisas e não devolve;
  9. Você não trabalha e não deixa os outros trabalharem;
  10. Você cheira mal.
Antes de perder a amizade, lembre-se que essa pessoa poderá, na verdade, ser sua melhor amiga!

Pense nisso. Sucesso!

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Mês da Igualdade Racial


Campanha promove o mês da igualdade racial; confira iniciativas em prol da população negra ‪#‎LUGARDONEGRO‬

Cartilha sobre Assédio Moral


A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio - CNTC, lançou a cartilha "Assédio Moral no Trabalho". 

Clique aqui para baixar o seu exemplar e fique por dentro do assunto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...