Um feliz Natal para você!

Um feliz Natal para você!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Esclareça as principais dúvidas sobre aposentadoria para deficientes

A nova lei sobre aposentadoria especial dos deficientes, que entrou em vigor no último dia 4, traz muitas dúvidas a esses segurados. Diante disso, o DL pediu esclarecimentos junto à Previdência Social para sanar dúvidas sobre o benefício.

O que traz a Lei Complementar 142/2013?
A Lei garante ao segurado da Previdência Social com deficiência, o direito à aposentadoria por idade aos 60 anos, se homem, e 55 anos, se mulher, e à aposentadoria por tempo de contribuição com tempo variável, de acordo com o grau de deficiência (leve, moderada ou grave) avaliado pelo INSS.

Quem são os beneficiários da Lei Complementar 142/2013? 
O segurado da Previdência Social com deficiência intelectual, mental, física, auditiva ou visual, avaliado pelo INSS.

O que o segurado precisa ter para pedir a aposentadoria à pessoa com deficiência? 

Brasil perderá R$ 415 bi em 2013, aponta o Sonegômetro

Ag. Diap
O placar online da sonegação fiscal no Brasil está prestes a ultrapassar a casa dos R$ 400 bilhões. Desenvolvido pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), o "Sonegômetro" apresenta em tempo real o quanto o país deixa de arrecadar todos os dias, por meio do endereço eletrônico www.sonegometro.com.

O "Sonegômetro" tem como intuito mobilizar e esclarecer a sociedade sobre os impactos da sonegação fiscal no Brasil. Para chegar ao contador, o Sindicato realizou um estudo que estabelece indicadores para a evasão fiscal. A ação faz parte da Campanha Nacional da Justiça Fiscal "Quanto custa o Brasil pra você?", criada pela entidade em 2009. "Mais do que o tamanho do prejuízo, nossa intenção é chamar a atenção da população para a relação direta entre sonegação fiscal e corrupção", aponta o presidente do Sindicato, Heráclio Camargo.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

CCT Corretores de Imóveis 2013/14


Já está disponível para consulta online a CCT Corretores de Imóveis 2013/2014.

Carteira de trabalho será extinta, diz gerente do eSocial

Fonte: DCI
O chamado eSocial, que deverá digitalizar a folha de pagamentos, além de unificar as declarações trabalhistas, aposentará a carteira de trabalho em papel, afirmou o auditor fiscal Samuel Kruger, gerente do Projeto eSocial da Receita Federal. Ele também comentou que esse projeto, que faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), agilizará as demandas do INSS.

"O eSocial está embasado em três grandes objetivos do governo federal: garantir direitos trabalhistas e previdenciários, simplificação do cumprimento das obrigações e aprimorar a qualidade da informação da seguridade social. Sabemos [governo] que trabalhadores chegam ao balcão [do INSS] para pedir a aposentaria com muita papelada na mão. Sabemos que ele nem sempre é atendido prontamente, e que tem que provar mil coisas. Com o eSocial será possível realizar as atividades administrativas com mais eficiência", argumentou.

Todo trabalhador deve saber sobre aviso prévio...

Fonte: TRT10

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Natal Solidário: doações podem ser feitas até dia 15

Fonte: Portal Prefeitura Jundiaí
A campanha Natal Solidário, do Fundo Social de Solidariedade (Funss), chega à fase final de arrecadação nesta semana. As doações serão recebidas até o dia 15 de dezembro, em diversos pontos espalhados pela cidade.

Brinquedos novos ou usados em bom estado podem ser entregues. Os itens serão distribuídos para mais de 8 mil crianças de entidades e associações cadastradas pelo Fundo Social. "Contamos com a ajuda de toda população", comenta a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Margarete Geraldo Bigardi.

As crianças contempladas pela campanha, todas com idades até 12 anos, receberão os presentes a partir da semana do dia 16. Margarete explica que além de arrecadar, o Fundo Social também comprou parte dos brinquedos. "Escolhemos com muito carinho." As famílias das crianças também serão presenteadas com um panetone.

Confira os postos de arrecadação


CNTC realiza encontro nacional para discutir o combate à violência contra a mulher

Fonte: CNTC
Mulheres que atuam no movimento sindical do Sistema CNTC em vários estados brasileiros estiveram reunidas ontem (10/12) na sede da Confederação dos Trabalhadores no Comércio em Brasília para discutir o cenário da violência contra a mulher. O evento faz parte das atividades alusivas ao movimento “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, realizado no Brasil e no mundo de novembro a dezembro todos os anos.

A programação contou com o pronunciamento das parlamentares deputada Jô Moraes (PCdoB/MG) e senadora Ana Rita (PT/ES), e da Coordenadora do Centro de Referência no Atendimento à Mulher da Secretaria da Mulher do Distrito Federal, doutora Carla Valente.

À frente da Coordenadoria da Mulher da CNTC, a sindicalista Elizabete Madrona levantou pontos do Pacto Nacional firmado em 2007 que encontram entraves em sua execução, como a garantia da aplicabilidade da Lei Maria da Penha, o fortalecimento da rede de serviços para mulheres em situação de violência e o acesso à justiça.

Violência no parto vende cesárea, diz pesquisadora

Ag Pública - Andrea Dip
Como é nascer no Brasil?
Primeiro nasce-se cada vez menos. A gente teve uma queda muito acentuada de nascimentos no Brasil. E quanto mais escolarizada e maior a renda, menor a fecundidade. No caso brasileiro, o parto é muito medicalizado e muito marcado pela hierarquia social da mulher. Para algumas questões de saúde, como para quem tem HIV, precisa de um antiretroviral ou de uma cirurgia, você tem o mesmo procedimento público e privado, existe um padrão do que é considerado como aceitável. Para o parto, não. A gente tem uma assistência ao parto que para as mulher de menor renda e escolaridade e para aquelas que o IBGE chama de pardas e negras, muito diferente do das mulheres escolarizadas, que estão no setor privado, pagantes.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Dia Internacional dos Direitos Humanos


Subir na vida é mais fácil hoje para 63%

Fonte: Estadão - Luiz Guilherme Gerbelli
Há um sentimento de prosperidade entre os brasileiros. Hoje, 63% da população acha mais fácil avançar socialmente do que há dez anos, mostra uma pesquisa inédita feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre o padrão de vida do brasileiro. O levantamento também revela que esse sentimento positivo é maior no Nordeste, onde 73% da população acha mais fácil melhorar de vida.

Os sinais de prosperidade estão diretamente ligados aos ganhos econômicos que ocorreram nas últimas décadas. Em 1994, o Plano Real trouxe a estabilidade, o fim da inflação e a renda do trabalhador deixou de ser corroída. Nos últimos anos, houve uma grande expansão do emprego formal e a inserção de milhões de brasileiros no mercado de consumo.

Jundiaí terá comemoração de aniversário inédita

Fonte/Foto: Portal Prefeitura Jundiaí
O aniversário de 358 anos de Jundiaí terá como atração principal o show do renomado grupo de samba Fundo de Quintal, no dia 14 (sábado), na Praça Floriano Peixoto, no Centro, atrás da Catedral Nossa Senhora do Desterro. O local é um marco histórico da cidade e há tempos eventos culturais não são promovidos no lugar. de Quintal sobe ao palco a partir das 20h, após o fechamento do comércio, para que os comerciantes e lojistas também possam participar das festividades.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Nova ferramenta da CEF permite consultar extratos do FGTS nos últimos 25 anos

Fonte: Ag. Brasil - Kelly Oliveira 
A Caixa Econômica Federal lançou ferramenta para gerar e visualizar extratos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A ferramenta permite consultar, pela internet, o extrato dos lançamentos dos últimos 25 anos, ocorridos após a centralização das contas do FGTS na Caixa. Antes, o trabalhador podia obter, pela internet, apenas os últimos seis registros. O serviço eletrônico “Extrato Completo” já está disponível nos endereços: www.caixa.gov.br e www.fgts.gov.br. 

 O trabalhador deverá cadastrar senha para acessos às informações, informando seu PIS e aceitando o “Termo de Cadastramento”. Além do “extrato completo”, o internauta encontrará os serviços como atualização de endereço, extrato por e-mail e serviços no celular. 

 De acordo com a Caixa, ao optar pelo serviço de mensagens no celular, o trabalhador recebe, gratuitamente, informações da conta vinculada ao FGTS, como o valor do depósito mensal feito pelo empregador, o saldo atualizado com juros e correções monetárias, a liberação de saque e outras movimentações. São enviadas duas mensagens por mês: uma referente ao recolhimento regular e outra referente ao crédito de juros e atualização monetária. A adesão a esse serviço inibe a geração de extrato bimestral do FGTS, contribuindo para a preservação do meio ambiente e redução do consumo de papel, diz a Caixa.

120 mil vagas em salão de beleza no estado

Conseguir um horário na agenda de um salão de beleza no mês de dezembro  não é tarefa fácil. Todas  as clientes querem arrumar o cabelo, fazer as unhas e cuidar da pele para as festas de Natal e Réveillon. 

Para  dar conta dessa demanda, que chega a aumentar 40%, os salões abrem as portas para  novas contratações. O período é bom para os dois lados. Com mais serviço, empresários têm ganhos maiores no final do mês. Do outro lado, quem busca uma vaga de trabalho nesse setor encontra uma vasta oferta de oportunidades.

De acordo com a projeção do Sindebeleza (Sindicato dos Empregados em Instituto de Beleza e Cabeleireiros de Senhoras de São Paulo e Região), há 120 mil  postos vagos nos salões de beleza em todo o estado de São Paulo.

A presidente do Sindebeleza, Maria Hellmeisper, explica que as oportunidades   estão distribuídas  e, para conquistar uma chances, é preciso bater nas portas e oferecer os serviços. “A categoria é muito flutuante. Nem mesmo o sindicato consegue precisar a quantidade exata de vagas no setor porque existe uma pulverização. Mas a expectativa é que nesta época aumente em 20% o número de trabalhadores. No estado existem, em média,  600 mil profissionais na área e, em dezembro, cerca de 120 mil devem conseguir uma colocação”, diz.
Fonte: Diário de S. Paulo

Subir na vida é 'mais fácil' hoje para 63%

Fonte: Estadão - Luiz Guilherme Gerbelli
Há um sentimento de prosperidade entre os brasileiros. Hoje, 63% da população acha mais fácil avançar socialmente do que há dez anos, mostra uma pesquisa inédita feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) sobre o padrão de vida do brasileiro. O levantamento também revela que esse sentimento positivo é maior no Nordeste, onde 73% da população acha mais fácil melhorar de vida.

Os sinais de prosperidade estão diretamente ligados aos ganhos econômicos que ocorreram nas últimas décadas. Em 1994, o Plano Real trouxe a estabilidade, o fim da inflação e a renda do trabalhador deixou de ser corroída. Nos últimos anos, houve uma grande expansão do emprego formal e a inserção de milhões de brasileiros no mercado de consumo.

Todo trabalhador deve saber sobre extinção do trabalho...

Fonte: TRT10

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...