.

.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Contribuintes da Prefeitura serão atendidos no Poupatempo

A partir da próxima segunda-feira (16), vários serviços para os contribuintes do município terão atendimento exclusivo no Poupatempo, localizado no Complexo Fepasa. 

A mudança visa oferecer mais facilidade para a população, que não precisará mais se deslocar até o Paço Municipal. Além disso, ao contrário dos órgãos da Prefeitura, o Poupatempo tem funcionamento também aos sábados.

Abaixo, alguns dos serviços que o contribuinte encontrará no Poupatempo, a partir do dia 16: 
  • parcelamento; 
  • protocolo e entrega de certidões negativas, tanto do contribuinte imobiliário como do mobiliário e débitos municipais;
  • restituição de débitos inscritos em dívida ativa; 
  • pagamentos de parcelas pagas e que não foram baixadas no sistema; 
  • entrega de guias para pagamentos à vista e guias de débitos já parcelados. 

Para mais informações, ligue (11) 4589 8707 ou 4589 8708. O Poupatempo fica na avenida União dos Ferroviários, 1760, Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 9h às 18h, e aos sábados, das 9h às 13h.
Fonte: Portal Prefeitura Jundiaí

Mais uma vez os aposentados ficam frustrados!

A reunião de 12/09 sobre o fim do fator previdenciário foi adiada para a dia 17/9. O Governo, entretanto, ainda não concluiu estudos sobre a extinção do redutor de aposentadorias e o anúncio sobre seu fim, tão aguardado por trabalhadores irá demorar mais um pouco para ser divulgado.

Por outro lado, o Governo já concluiu estudos sobre a criação da Secretaria do Idoso e Aposentado, uma das reivindicações dos aposentados. O anúncio pode ocorrer já na próxima terça.


A reunião de ontem, entre os ministros Garibaldi Alves Filho, da Previdência Social, Gilberto Carvalho, da Secretaria da Presidência da República, com representantes das centrais sindicais, foi adiada porque o ministro Gilberto Carvalho, está fora do país.
Fonte: Diário do Litoral

Incentivo à filiação partidária de mulheres

“Mulher, tome partido. Filie-se” é o lema da campanha lançada, nesta quarta-feira (11/09), pela Coordenadoria de Direitos da Mulher e pelas Procuradorias da Mulher da Câmara e do Senado. A campanha conta com o apoio da Secretaria de Política para as Mulheres da Presidência da República e da ONU Mulheres.


A campanha representa o primeiro passo para aumentar o número de mulheres candidatas e eleitas, pois ainda é reduzida a presença de mulheres nos legislativos nacional, estaduais e municipais. O objetivo é aumentar em 20% o número de mulheres filiadas a partidos políticos até o dia 4 de outubro, prazo final de filiação para quem deseja concorrer a um cargo político nas eleições gerais de 2014. Os organizadores da campanha também esperam ampliar em 30% a representação da bancada feminina na Câmara e no Senado  no próximo ano.


De acordo com o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 51,5% da população brasileira são mulheres. Mas, nas eleições de 2010, apenas 45 mulheres foram eleitas deputadas federais, representando 8,77% das cadeiras da Casa. No Senado, foram eleitas sete mulheres das 54 vagas preenchidas no Senado naquele ano, o que representou 12,99% do total.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Violência crua, um flagrante de trabalho infantil em matadouro

A atividade em matadouros está entre as Piores Formas de Trabalho Infantil estabelecidas pela Convenção 182 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da qual o Brasil é signatário.

Apesar disso, crianças de 12 anos trabalham com facas afiadas no corte de bois no interior do Rio Grande do Norte. Banalização da violência afeta desenvolvimento, alertam especialistas. 

Saiba mais lendo o texto de Daniel Santini, da Repórter Brasil da série especial Promenino
* Atenção: texto e imagens fortes. Clique

Expectativa pelo fim do fator previdenciário

Diário do Litoral 12set2013

Campanha virtual “Por um mundo livre do trabalho infantil”

De acordo com a OIT, 215 milhões de crianças e adolescentes estão em situação de trabalho no mundo. 

Agora, internautas têm a oportunidade de participar do movimento global contra o trabalho infantil, doando simbolicamente a imagem de seu perfil no Twitter ou Facebook.

Diferença de preço entre genéricos e medicamentos de referência chega a 56,63% em São Paulo

Agência Brasil/Marli Moreira - Edição: Nádia Franco

A diferença de preços entre medicamentos genéricos e produtos de referência na capital paulista passou de 50%, em agosto último, revela pesquisa feita pelo Procon-SP. No mês passado, os genéricos custaram em média 56,63% menos que os de referência. Além disso, as diferenças de preços entre um estabelecimento e outro chegaram a mais de 1.000%.


Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), medicamento de referência é o produto inovador registrado no órgão federal competente, cuja eficácia, segurança e qualidade tenham sido comprovadas cientificamente. De acordo com a Anvisa, os genéricos e similares podem ser considerados “cópias” do medicamento de referência.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Vagas de trabalho estão disponíveis no PAT


O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) está com vagas disponíveis em diversas áreas. A jornada de trabalho é por turnos de revezamento e os benefícios incluem assistência médica, odontológica, cesta básica, ônibus fretado e refeição no local. Podem se inscrever homens e mulheres com idades entre 18 anos e 50 anos.

Os interessados deverão comparecer ao PAT, na rua Barão de Jundiaí, 1.093, Centro (Centro das Artes), de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30.

Se possuir cadastro, basta levar o PIS ou o Cartão Cidadão. Caso não possua, é preciso levar a Carteira de Trabalho, PIS ou Cartão Cidadão, RG e CPF. É importante também saber o CEP da rua em que reside. 

Confira as vagas e os pré-requisitos necessários:

- Ajudante de cozinha: ambos os sexos, ensino fundamental completo
- Cozinheiro: ambos os sexos, ensino fundamental completo
- Nutricionista: ambos os sexos, ensino superior
- Analista de Logística: sexo masculino, ensino superior
- Controle e planejamento logístico: sexo masculino, ensino superior
- Operador de empilhadeira: sexo masculino, certificado do curso, ensino médio
- Operador de empilhadeira transpaleteira: sexo masculino, certificado do curso; ensino médio
- Estoquista: sexo masculino, ensino médio
- Conferente de carga: sexo masculino, ensino fundamental completo
- Operador de câmara fria: sexo masculino, ensino fundamental completo
- Armazenista: sexo masculino, ensino fundamental completo
- Ajudante geral: sexo masculino, ensino fundamental incompleto.
Fonte: Prefeitura Jundaí

Direto do Trabalho: todo trabalhador deve saber sobre discriminação...

Fonte: TST

terça-feira, 10 de setembro de 2013

CCT Adm. Consórcios e Soc. Advogados 2013

                           
                            Clique
                    
                      Clique
Já estão disponíveis para consulta online.

Expectativa: Governo vai decidir sobre o fim do Fator Previdenciário

Diário do Litoral 10set2013

Jundiaí: emissão de RG pode ser agendada pelo 0800

Os usuários do Poupatempo de Jundiaí já podem agendar por telefone o atendimento para emissão de Carteira de Identidade (RG). Basta entrar em contato com o Disque Poupatempo pelo número 0800 772 36 33 e seguir as instruções para agendar o serviço. A ligação é gratuita.

O sistema distribui melhor o fluxo de atendimento, além de facilitar a vida da população, pois evita tempo de espera. O cidadão deve chegar ao posto com 15 minutos de antecedência do horário confirmado para a retirada da senha.


O posto do Poupatempo de Jundiaí fica na avenida União dos Ferroviários, 1.760, Centro - Jundiaí (Complexo Fepasa). O horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e aos sábados, das 9 às 13 horas.
Fonte: Rádio Difusora

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Justiça condena assassino de ex-mulher a ressarcir Previdência

A Justiça Federal em Brasília decidiu condenar um homem acusado de assassinar a ex-mulher a ressarcir a Previdência  Social pelas despesas pagas com pensão por morte concedida ao filho da vítima. Este é o primeiro caso no Distrito Federal de um agressor que é obrigado a fazer o ressarcimento. Cabe recurso contra a decisão, assinada no dia 23 de agosto.

A ação foi movida pela Advocacia-Geral da União (AGU), que cobrou de Arismar Brito Rodrigues, réu confesso do homicídio, os valores que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) gasta com a pensão concedida ao filho da vítima. Os procuradores alegaram que a Previdência e a sociedade não podem arcar com o ônus econômico causado por quem comete atos ilícitos.

Direito do Trabalho: todo trabalhador deve saber sobre serviço militar....

Fonte: TST

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...