.

.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Começa temporada de contratações


Começa a temporada de contratações, na indústria e no comércio, de trabalhadores para reforçar o fim do ano. A estimativa é que 150 mil vagas sejam criadas em todo o Brasil, aumento de 5,5% em relação ao ano passado. De cada quatro vagas temporárias, três estão no comércio, que é também onde há mais chances de efetivação. O fim de ano nas lojas é uma espécie de temporada de caça ao bom vendedor.

O comércio aproveita essa época para avaliar as pessoas. Então todos aqueles que têm bom resultado são absorvidos. Aqueles que não são absorvidos são aproveitados em uma próxima oportunidade”, explica o consultor em Recursos Humanos Celso Bazzola.

Fonte G1 - veja o vídeo

Casa da Solidariedade oferece cursos gratuitos em Jundiaí


A Casa de Solidariedade de Jundiaí (SP) está com vagas abertas para oito tipos de cursos profissionalizantes, como maquiagem, depilação, padaria artesanal e sushiman. As aulas são gratuitas e há turmas no período da manhã e da tarde.

O curso está dividido entre a sede do FUNSS e a Casa da Solidariedade. O FUNSS abrigará cursos de maquiagem, padaria artesanal e depilação. Na Casa da Solidariedade, as opções disponíveis são babá, sushiman, bolo de vitrine, confeitaria fina e pratos de entrada e salada.

Só no ano passado, o Fundo Social de Solidariedade formou mais de 3 mil alunos. Já os cursos ministrados na Casa de Solidariedade contribuíram para a formatura de um terço desse público.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Trabalhador pode perder benefícios


O DiaOnline
A alta rotatividade no mercado de trabalho formal pode prejudicar ainda mais tanto o trabalhador desempregado quanto o que continua em atividade. É que o governo estuda propostas para reduzir o rombo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Entre as medidas estão dificultar o saque do seguro-desemprego e reduzir ou cortar o pagamento do PIS.


Em relação ao seguro-desemprego, uma das regras é de aumentar de seis para oito meses o prazo mínimo que o empregado demitido precisa ter trabalhado nos 36 meses anteriores à dispensa da empresa para ter direito ao benefício. O governo também quer dificultar a liberação do seguro para quem pedir pela segunda ou terceira vez.


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Centrais vão propor ao governo criação de fundo para reduzir rotatividade no mercado de trabalho


As centrais sindicais pretendem apresentar ao governo federal um conjunto de propostas para combater a alta rotatividade no mercado de trabalho e evitar possíveis mudanças no seguro desemprego e no abono salarial. Uma delas propõe a criação de um fundo garantidor, que seria financiado pelo repasse do adicional de 10% da multa sobre o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e gerido pelo governo, centrais sindicais e empresários.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

O que é permitido e o que não é permitido no período eleitoral


Ag. Br
No período de campanha e no dia das eleições, há uma série de normas e procedimentos que têm de ser seguidos por eleitores, candidatos a cargos eletivos e cabos eleitorais. Definidas pela Justiça Eleitoral, tais regras dizem respeito, por exemplo, ao uso da internet, de camisetas e bonés e à distribuição de folhetos ou santinhos, além de estabelecerem critérios para a realização de comícios, carreatas e caminhadas.

Veja aqui o que é permitido e o que não é permitido no período eleitoral:

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

CNTC amplia campanha pela regulamentação da profissão de comerciário



Está circulando em todo o País um folheto distribuído pela CNTC (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio) para divulgação da campanha de regulamentação da profissão de comerciário, luta encabeçada pela Confederação com apoio das federações e sindicatos filiados, lembrando que esta luta também vai beneficiar os trabalhadores EAA.

Ao mesmo tempo, a CNTC criou um link para seu site (www.cntc.org.br/regulamentacaoja), com mais detalhes sobre a campanha e o projeto que já passou pelo Senado e está prestes a ser aprovado na Câmara dos Deputados.

No folheto e no site, a CNTC destaca que o Brasil tem 12 milhões de trabalhadores no comércio. “Existem mais comerciários no Brasil que habitantes em Portugal. São 12 milhões que merecem ter a sua profissão regulamentada. Uma luta que começou há 16 anos com um projeto da CNTC e que só pode ser vencida com o seu apoio”.

Destaque também, no site, para os benefícios que a regulamentação traz para os comerciários, como piso salarial, jornada de 44 horas, função especificada, acesso à educação, formação e qualificação profissional, entre outros.

Justiça seja feita: TST define regras e amplia direitos de trabalhadores


O TST (Tribunal Superior do Trabalho) revisou vários entendimentos sobre regras trabalhistas, o que, na maioria dos casos, aumentou a segurança dos trabalhadores.

Durante toda a semana, o tribunal reviu súmulas e orientações para jurisprudência -entendimentos que norteiam as decisões de futuros conflitos. Ao todo, 43 temas foram discutidos. Em 38 houve algum tipo de alteração.
Os novos entendimentos já estão valendo, segundo o TST. 

Algumas das principais decisões foram:


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...