.

.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Reunião não traz avanços para o combate à crise

Ontem em reunião com o presidente Lula e quatro ministros, representantes de seis centrais sindicais - CUT, Força Sindical, Nova Central, UGT, CTB e CGTB - descartaram as propostas do Governo para o enfrentamento da crise econômica, que previam flexibilizações de direitos trabalhistas, num momento em que o movimento sindical deseja tratar da redução da taxa de juros e medidas pontuais para os setores mais impactados pela crise. O único refresco desta reunião foi a garantia do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, que afirmou que nenhuma proposta do governo será posta em prática antes de estar acertada com as centrais sindicais.
Agência BRasil

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Abrindo gargalos....

Nesta quarta-feira (8), o presidente Lula volta a se encontrar com as Centrais Sindicais. O objeto da reunião, nem poderia ser muito diferente, é o enfrentamento da crise, “procurando abrir os gargalos”, segundo um analista sindical bem-informado.
Agência Sindical

terça-feira, 7 de abril de 2009

Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo

Um dado preocupa as autoridades sanitárias nacionais. Em 2008, o Brasil assumiu o posto de maior consumidor de agrotóxicos do mundo, posição antes ocupada pelos Estados Unidos. Este mercado movimentou mais de US$ 7 bilhões.
Infelizmente, graças a uma série de decisões judiciais que impedem a vigilância sanitária de reavaliar o papel de várias substãncias ativas utilizadas em agrotóxicos no país, o Brasil produz e importa produtos proibidos em diversos países do mundo.
A sociedade precisa movimentar-se, exercendo pressão para que seja criada uma jurisprudência sobre o tema que deve reconhecer a imprescindibilidade da reavaliação dos agrotóxicos para a preservação da saúde da população, garantida textualmente pela legislação vigente.
Fonte: Anvisa

segunda-feira, 6 de abril de 2009

6,5 mil vagas para deficientes

Entre 2 e 5 de março, em São Paulo, aconteceu a terceira maior feira de inclusão, reabilitação e acessibilidade do mundo, a Reatech. O evento reúniu empresas dispostas a contratar funcionários que tenham algum tipo de deficiência. Esse ano foram oferecidas cerca de 6,5 mil vagas – em 2008, foram quase 8 mil postos, mas apenas 500 foram preenchidos.
Agência Sindical
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...