.

.

quinta-feira, 27 de março de 2008

Bestas de Guerra!

"Oficiais da reserva das Forças Armadas, intelectuais, empresários e embaixadores, estão ensinando estratégia militar a executivos brasileiros (Gazeta Mercantil, 11 de março). Ao mesmo tempo, ex-integrantes do Bope ensinam estratégia e táticas de assalto a outros executivos de grandes empresas. (...)

Os funcionários são condicionados (...) a agir de acordo com as ordens de açulamento, sob a promessa da ração extra, se as cumprirem bem, e a ameaça do desdém e expulsão do grupo, se fraquejarem. Não se trata do necessário e normal treinamento para o trabalho, mas adestramento para que se tornem "feras". Os executivos são instigados à agressão, como os contingentes da Polícia Militar são convocados para escalar as favelas, com seus gritos de guerra e o caveirão. (Coluna - Coisas da Política - Mauro Santayana / Jornal do Brasil - 24/3/2008)"

Quem abre o jogo é Gustavo Rosset, diretor comercial da Rosset Têxtil, proprietária de marcas como a Valisére e Cia. Marítima, na revista da Folha de 24/03, que contratou ex capitão do Bope para "açular" seus empregados. É inacreditável que em pleno sec. 21 os trabalhadores sejam tratados como bestas de guerra.

segunda-feira, 24 de março de 2008

Centrais programam paralisação e dia nacional de lutas pelas 40 horas

Dia 19/3 as Centrais reuniram-se em São Paulo e, unificadas, começaram a desenhar o calendário de ações e lutas pelas 40 horas. Dia 7 de abril, haverá reunião geral, quando se definirá a data do dia nacional de lutas, que está indicado para 21 de maio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...